Rosa Richards


5 Habilidades importantes para um estudante de Direito

Você já pensou em fazer um curso de Direito? Essa é uma das graduações que possuem mais estudantes no Brasil e se você está pensando em começar o curso, vale a pena começar a desenvolver algumas habilidades importantes para o seu perfil acadêmico e profissional. Leia o texto a seguir e saiba quais são elas:

Leitura

O curso de Direito promove a leitura de diferentes conteúdos durante toda a sua duração, enão o estudante deve estar preparado para encarar tudo que precisa ler. Além disso, as habilidades de leitura, como interpretação de texto e fixação de conteúdo serão fundamentais para que ele realize a prova da OAB.

O exame promovido pela Organização dos Advogados do Brasil é o responsável por promover a licença que permite que os profissionais da área exerçam as suas funções.

Perseverança

Um outro ponto importante é a perseverança, pois o curso muitas vezes exige muito do estudante. Essa será uma habilidade indispensável para manter um bom rendimento na graduação.

Essa habilidade também será fundamental na hora da realização da prova da OAB, isso porque muitas pessoas não conseguem passar de primeira. Quem não se saiu bem no exame anterior, deve estar atento ao calendário OAB 2020 e se preparar para o exame.

Imparcialidade

A imparcialidade também deve ser trabalhada, uma vez que será uma etapa fundamental diariamente na profissão. A medida que o curso e os conteúdos vão avançando, o estudante pode alcançar embasamento teórico para ampliar essa característica.

Essa habilidade também é importante para definir que tipo de profissional o graduando de Direito será e por isso, vale a pena começar a praticar.

Organização

Uma habilidade que deve ser aperfeiçoada do começo ao fim do curso, inclusive até na atuação no mercado de trabalho é a organização. Para conseguir um cronograma de estudos durante a graduação e após a finalização da mesma, o estudante irá precisar se organizar em todos os aspectos.

Além de possibilitar a otimização de tempo e permitir conciliar estudos com vida pessoal, a organização pode garantir um desempenho positivo no exame da OAB.

Administração

A administração é igualmente uma característica fundamental para esta profissão, afinal, é uma habilidade totalmente aplicável a rotina do profissional de Direito.

E estão atrelados a essa característica fatores como: oratória, comunicação, probabilidade, logística, estatística, entre outros.  Um outro fator associado a essa habilidade é a Gestão de pessoas, um requisito essencial para quem atua através da OAB.

Qual a nota mínima do ENEM para se inscrever no SISU?

O Sisu é um dos métodos oficiais de ingresso para o ensino superior, assim como também é um dos mais utilizados pelos estudantes. Mas para conseguir a sua vaga através desse sistema, é preciso estar atento aos requisitos básico exigidos pelo programa. Será que você pode concorrer as vagas do Sisu? Confira o texto a seguir e veja qual a nota mínima necessária:

Como funciona o Sisu?

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) deixou de ser apenas um método de avaliação do rendimento do ensino médio para ser o mediador da distribuição de vagas, tanto na rede pública quanto na rede particular de ensino.

Para a rede pública, o programa responsável é o Sistema de Seleção Unificada (SISU). Enquanto isso, para a rede privada, o responsável pela distribuição de vagas é o Programa Universidade Para Todos (PROUNI).

A primeira seleção realizada é a do Sisu, e logo em seguida, os estudantes podem participar das inscrições PROUNI 2020 e concorrer às vagas.

Ambos os programas funcionam através de uma plataforma digital, na qual os candidatos utilizam a inscrição do Enem para logar e aplicar as suas notas para os cursos.

Qual a nota mínima para se inscrever?

Mas vale a pena lembrar que nem todos os candidatos que participaram do Enem podem participar da seleção do  Sistema de Seleção Unificada. Isso porque, o programa promove alguns requisitos para selecionar os estudantes.

Em primeiro lugar, está a pontuação mínima para se inscrever, que deve ser de, pelo menos, 450 pontos. Além disso, o estudante precisa ter tirado uma nota maior que zero na redação do Enem.

Se estiver de acordo com essas exigências, o estudante pode participar das inscrições SISU 2020. Entretanto, é importante ressaltar que essa pontuação não garante a vaga, pois o recurso mediador nesse ponto é a nota de corte.

O que é a nota de corte?

Todos os programas que trabalham com pontuação irão disponibilizar uma nota de corte. Isto quer dizer que teremos diferentes médias para o mesmo curso.

A nota de corte PROUNI pode ser maior ou menor do que a nota de corte do Sisu, por isso, os estudantes geralmente se inscrevem para as duas opções.

Essa média é estabelecida de acordo com o número de vagas disponíveis e com a menor média aprovada para determinado curso. Durante a inscrição, o estudante que possuir uma média superior a mínima, pode estar passando na frente de outro candidato.

5 principais faculdades que oferecem cursos a distância em SP

Os cursos a distância têm sido uma opção muito presente na vida dos estudantes, afinal, oferecem diversos benefício como economia, otimização de tempo, flexibilidade de horário, entre outros fatores.

Como você já deve saber, São Paulo é um estado referência para a educação e a modalidade de ensino a distância está permitindo que estudantes de várias regiões possam desfrutar dessa qualidade de ensino.

Está pensando em ingressar em um dos cursos EAD SP? Então veja a seguir, as principais universidades que disponibilizam essa modalidade de ensino:

UNIVESP

Vamos começar indicando a instituição que é referência na modalidade EAD: A Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP). Como o próprio nome indica, a universidade tem seu foco voltado para as formações a distância através de seus cursos semipresenciais.

Além disso, essa é a primeira universidade virtual pública de todo o país. Os estudantes podem garantir a sua vaga participando do vestibular UNIVESP 2020 e alcançando as pontuações mínimas.

UNIP

A Universidade Paulista (UNIP) é uma instituição do ensino privado de SP. A instituição foi uma das pioneiras no modelo EAD, estando investindo nesse cursos desde 2004.

E o sucesso da universidade tende a crescer ainda mais para esse ano, uma vez que o número de alunos presenciais superou a marca de 300 mil. A expectativa é que o percentual seja significativo também para os cursos não presenciais.

FGV-EAESP

Outra instituição que precisa ser mencionada por usa qualidade de ensino e satisfação geral dos estudantes, é a Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV-EAESP).

A FGV é referência para o curso de Administração, uma vez que oferece diversas capacitações na área. Quem está interessado em participar da instituição a distância, pode ficar atento aos curso disponíveis para o próximo ano.

UFSCAR

Quem está pensando em estudar na Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), vai gostar de saber que a instituição também disponibiliza cursos a distância para os seus estudantes.

O campi presencial da instituição tem centenas de alunos matriculados e expandir para a modalidade EAD, estará trazendo ainda mais universitários para a universidade.

UNIFESP

A Universidade Federal de São Paulo é líder em muitos aspectos como pesquisa, qualidade de ensino, professores especializados, entre outros fatores que colocam a instituição em destaque.

Por isso, a UNIFESP não poderia deixar de investir em um dos modelos educacionais que mais crescem no país: o ensino a distância. A instituição oferece diversos cursos reconhecidos e para verificar as possibilidades, basta acessar o site oficial.

ETEC Guarujá volta a oferecer curso de mecânica e manutenção de aeronaves

As ETEC’S representam algumas das melhores instituições do ensino técnico e são inciativas exclusiva do governo de São Paulo. Recentemente, a instituição relançou a possibilidade de realizar os cursos de mecânica e de manutenção de aeronaves e para justificar essa oferta, é preciso compreender antes o funcionamento da proposta do programa.

Como funciona a ETEC?

As Escolas Técnicas Estaduais (ETEC) são uma iniciativa do Governo Federal junto a Secretária da Educação e tem o intuito de promover capacitação de qualidade para os jovens paulistas.

Existem muitas unidades da ETEC espalhadas e para conseguir uma vaga em uma delas, o estudante precisa participar do vestibulinho ETEC 2020.

O processo seletivo é responsável por distribuir as vagas disponibilizadas pela instituição de ensino. Geralmente, a ETEC lança o edital uma vez ao ano.

Quem quer concorrer as vagas para os diversos cursos da escola técnica precisa estar atento ao calendário ETEC 2020para participar da inscrição dentro do prazo e verificar as datas de aplicação de prova.

Como são distribuídos os cursos?

É importante saber como funciona o processo de distribuição de vagas da ETEC, principalmente para compreender o motivo pelo qual os cursos de mecânica e de manutenção de aeronaves.

O curso técnico é conhecido por oferecer capacitação de qualidade voltada para o mercado de trabalho em pouco tempo de duração. Por isso, não é difícil imaginar que os programas e instituições que trabalham com incentivo a educação, ofereçam cursos em evidência.

O principal objetivo da oferta de cursos técnicos é possibilitar uma modificação considerável no cenário profissional do país, proporcionando aptidão para que os jovens ingressem no mercado de trabalho.

Essa inciativa é possível pois o ensino técnico prioriza igualmente tanto a parte teórica quanto a parte prática de cada uma das capacitações oferecidas.

Todos esses fatores podem justificar a constante mudança de ofertas de curso, não só para o sistema de distribuição de vagas da ETEC, como para qualquer programa de incentivo ao ensino técnico.

Isto porque, é necessário estar capacitando os jovens para áreas promissores do mercado. De acordo com pesquisas, os cursos de mecânica e manutenção e aeronaves passaram a ser ofertados novamente devido a abertura de demanda por parte das empresas.

Portanto, se você está pensando em participar do vestibulinho ETEC, vale a mencionar que a unidade ETEC Guarujá estará ofertando os cursos mencionados para os estudantes que obtiverem sucesso no processo seletivo.

É vantagens colocar meu filho em uma escola públicas?

A educação brasileira é dividida entre a metodologia do ensino público e a metodologia do ensino particular. Essa dualidade acaba deixando pais e responsáveis muito confusos na hora de matricular as crianças em uma instituição. Afinal, os mitos sobre a escola pública ser inferior em alguns aspectos podem ser comprovados?

Bem, assim como todas as opções de ensino, a rede pública terá vantagens e desvantagens e para saber se a instituição desse setor vale a pena para você!

Instituições exclusivas

Se você está se perguntando se é vantajoso colocar o seu pequeno em uma instituição pública, vale lembrar que algumas das melhores escolas públicas do país pertencem a esse setor da educação. Temos como um dos maiores exemplos dessas instituições o Colégio Militar.

E para quem pensa que a escola pública é “fácil”, vale mencionar que o processo seletivo para as instituições militares é um dos mais concorridos. O estudante precisa participar da inscrição Colégio Militar e ser aprovado nas avaliações.

Mensalidades

Temos como uma das maiores vantagens da escola pública o fato de não precisar cumprir com as mensalidades da instituição. Isto porque, as escolas públicas são mantidas através da arrecadação de impostos pagos anualmente por nós, os brasileiros.

É interessante mencionar ainda que quase todos os valores que podem ser cobrados anualmente, como a taxa de locação para passeios, refeição, material escolar, jogos internos, entre outros, geralmente não são cobrados dos estudantes.

Matrícula Fácil

Você já ouviu falar na matrícula fácil? Esse recurso foi desenvolvido para facilitar a vida dos país na hora de matricular seus pequenos, assim como descongestionar o ambiente escolar em períodos de começo de semestre.

A matrícula fácil pode ser realizada através do portal oficial da Secretária da Educação e garante a vaga do seu filho para a escolha que você escolher.

Prouni

Apesar de ser um investimento a longo prazo, é preciso mencionar a grande vantagem do estudante da rede pública em relação a oportunidades como o Prouni. O Programa Universidades Para Todos é um dos recursos utilizados pelo Enem para distriuir bolsas de estudo na rede particular do ensino superior.

O programa funciona através de uma parceria entre o Governo Federal e instituições particulares do ensino superior. As vagas são limitadas e de acordo com as regras do Prouni, só podem participar os estudantes que tiverem estudado os três do ensino médio na rede pública ou na rede particular como bolsista.

Existe SISU e Prouni para a pós graduação?

Como você já deve saber, existem muitos programas disponíveis que facilitam o acesso ao ensino técnico e a graduação. Em comparação com esses programas, as ofertas para os cursos de pós-graduação são bem mais limitadas.

Por essa razão, muitas pessoas se perguntam se é possível utilizar as facilidades de programas como o SISU e o PROUNI para ingressar em uma pós graduação. Leia o texto a seguir e descubra:

A Pós Graduação

Se especializar é uma área é fundamental para estabelece uma carreira de sucesso e ampliar seus conhecimentos na sua área. Por isso, a pós graduação é um passo importante para a sua vida acadêmica.

Como o próprio nome indica, a pós graduação será umas especialização posterior a conclusão do seu curso de graduação. Esse nível de formação terá um foco mais específico com ênfase no campo que você escolher.

Geralmente, essa formação possui um valor um pouco acima da média, e por esta razão os estudantes buscam opções para facilitar as mensalidades, como o SISU e o PROUNI.

O SISU e o PROUNI

Esses dois programas são responsáveis pela distribuição de vagas da rede pública e privada. Para concorrer, os candidatos devem antes participar das inscrições ENEM.

Após a realização do exame, você deverá inscrever a sua nota em um ou nos dois programas e aplicar para o curso desejado. Você pode conseguir uma bolsa parcial ou integral.

Mas será que é possível utilizar esse recurso para a pós graduação?

Bem, o Sistema de Seleção Unificada (SISU)  e o Programa Universidade Para Todos (PROUNI) são responsáveis unicamente pela distribuição de vagas de graduação.

Isto quer dizer que, não é possível utilizar a facilidade para os cursos de graduação. Entretanto, existem outas opções que o estudante pode utilizar. Saiba mais a seguir:

Programas Disponíveis

Você sabia que, mesmo não podendo garantir a sua bolsa pelo SISU e pelo PROUNI, a sua participação na prova do ENEM pode ser aplicada em outros programas?

Recentemente, o programa de financiamento estudantil FIES ampliou suas opções para atender os estudantes que desejavam cursar a sua pós graduação.

Ou seja, você pode conseguir uma bolsa de financiamento com os juros mais baixos do mercado e conquistar o seu diploma de pós graduação!

Vale mencionar ainda que quem não participou do Enem, pode da mesma forma se candidatar a uma bolsa de estudos através do programa Educa Mais Brasil, uma iniciativa que funciona através de uma plataforma digital.

5 passos para se tornar um profissional de sucesso em administração

O curso de administração é um dos mais procurados pelos estudantes e em alguns anos fica entre os mais concorridos para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

No geral, a formação exige diferentes tipos de habilidades o graduando e por isso, vale a pena conferir umas dicas para seguir na área. Veja a seguir 5 passos para se torar um profissional de administração bem sucedido:

1. Dê enfase ao seu desenvolvimento pessoal

A base para qualquer carreira é o equilíbrio interior e será por esse aspecto que você deverá começar. No curso de administração você estará aprendendo conceitos de ordem e otimização de tempo, então por que não praticar isso no dia a dia?

Saiba administrar coisas simples como as suas atividades diárias. Se você conseguir desenvolver essas habilidades pessoais, é quase certo que possa aplicar isso a sua carreira. Além desse benefício, você ainda poderá dispor de mais tempo para solucionar os desafios do seu trabalho.

2. Busque por experiência

Para quem já está na área de administração, a dica é continuar ampliando o seu conhecimento através de cursos que promovam a comunicação e a liderança. Quem ainda não começou a atuar, uma boa opção é se inscrever para o programa Jovem Aprendizque promove uma categoria diferenciada de emprego e oferece oportunidades para jovens que nunca trabalharam.

3. Aperfeiçoe suas habilidades de comunicação

Como você já sabe, o curso de administração possibilitará o aprendizado de diversas, entre elas, a comunicação. Para atingir o sucesso profissional e conquistar o respeito da sua equipe de trabalhe, preze sempre pelo diálogo. Quem sente dificuldade nesta etapa pode optar por cursos como o de Oratória para melhorar.

4. Acompanhe as tendências

Este pode ser o grande diferencial para o profissional de administração e irá definir que tipo de profissional você é. É fundamental acompanhar as tendências do mercado e isso não se aplica só para marketing e vendas, mas também para questões que têm sido muito faladas como a sustentabilidade, por exemplo. Se mostrar integro de causas recentes e necessidades do mercado será imprescindível.

5. Amplie seus conhecimentos

Um grande erro cometido por diversos profissionais de todas as áreas de atuação é o comodismo. Quando o funcionário acha que já aprendeu tudo que era preciso, começar a entrar em um complexo de comodismo e o seu nível como profissional tende a decair. Por isso, esteja sempre aberto a aprender coisas novas, começar cursos promissores e pesquisar bastante.

Como entrar em uma universidade sem precisar da nota do ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio é a prova padrão para ingressar na universidade, entretanto ela tem ficado tão concorrida e complicada que muitos estudantes preferem procurar por outras opções. E saiba que existem sim algumas oportunidades para você começar o seu curso sem precisar fazer o Enem.

O Enem funciona da seguinte maneira: os estudantes realizam a prova com os conteúdos publicados anteriormente, junto com uma prova de redação de tema desconhecido.

Depois de ter sua nota divulgada, os estudantes a escrevem no Prouni, programa destinado ao ingresso na rede particular de ensino, ou no Sisu, programa destinado ao ingresso na rede pública.

Mas vale lembrar que quem não participou da prova, ainda tem chances. Uma boa opção é o vestibular interno das instituições. Se aprovado, você pode começar o seu curso o quanto antes.

Mas para quem está procurando uma opção de começar o seu curso com uma bolsa de estudos, o programa ideal é o Educa Mais Brasil. Esta proposta está em vigor a algum tempo e muitos estudantes já conquistaram o seu diploma através dela.

O programa distribui bolsas de desconto para diversos cursos sem precisar da prova do Enem. Se o estudante for aprovado, ele deve somente realizar o vestibular interno da instituição escolhida.

As bolsas podem ser de até 70% de desconto, dependendo das oportunidades disponíveis para a sua região. Para conferir as vagas, visite o site do Educa Mais Brasil e forneça a sua localização.

Para mais informações, acesse o site: https://educamaisbrasil2020.pro.br/educa-mais-brasil-2020/

Você também pode contar com outra proposta parecida que é o Quero Bolsa. Esta iniciativa também é realizada através do site, com distribuição de várias bolsas de estudo. E vale mencionar que as bolsas são válidas até o final da formação.

Os requisitos do Quero Bolsa são socioeconômicos, pois o objetivo do programa é auxiliar aqueles estudantes que não podem custear o curso em uma instituição particular.

O Quero Bolsa seleciona as melhores instituições, que disponibilizam diploma e são reconhecidas pelo MEC. Por isso, vale a pena utilizar este recurso. Visite o site do programa e veja qual opção serve melhor para você.

Como você pôde conferir, existem algumas opções bem interessantes para você se inscrever é fácil. Basta você acessar o site dos programas e ver qual bolsa serve melhor para você.

Não se esqueça de verificar as instituições participantes. Se a sua bolsa for aprovada, você só irá precisar realizar a matrícula presencial na unidade.

Qual a diferença entre graduação, mestrado e doutorado?

Quem está procurando por um curso, já deve ter notado que existem vários tipos de modalidades de ensino diferentes. Muitas vezes, estes cursos podem se confundir, mas vale lembrar que cada um possui um funcionamento único. Por exemplo, você sabe a diferença entre graduação, mestrado e doutorado? Leia o texto a seguir e entenda mais sobre o assunto:

Graduação

Vamos começar falando da Graduação. Este nível de ensino é considerado o passo inicial do ensino superior, já que é requisito para cursar diversas outras modalidades, como é o caso da pós-graduação e a especialização;

O curso de graduação terá um ensino amplo, possibilitando o conhecimento  vasto da área escolhida, para que você possa se aprofundar em um assunto posteriormente.

As opções de curso dependem muito de áreas como exatas, humanas, saúde, entre outros. Sendo assim, o estudante pode escolher o curso de um determinado campo de atuação.

Será através da formação em algum curso de graduação, que o estudante poderá se tornar licenciado ou bacharel da área pela qual optou cursar.

Mestrado

Mas e quanto ao Mestrado? Bem, nesta modalidade de curso o estudante tem a opção de se especializar em sua área, podendo dar ênfase ao seu curso.

Diferente da graduação, que só exige a conclusão do ensino médio, o Mestrado irá requirir que o estudante possua ambos os diplomas mencionados.

Além disso, é importante saber que é um requisito para os estudantes possuir proficiência em uma segunda língua. Afinal, o trabalho de conclusão deverá ser traduzido.

Na verdade, o curso é considerado o primeiro passo para quem quer se qualificar para uma profissão específica, durando cerca de três anos. E vale lembrar que para poder concluir o curso, o aluno deve apresentar uma dissertação sobre um determinado tema.

Doutorado

Como você pode conferir, cada nível de formação pode depender de outros para pode ser cursados. E esta regra não é diferente para quem começa um Doutorado!

Em primeiro lugar, é importante saber que este tipo de qualificação está voltado para a atuação acadêmica. Isto tem relação com pesquisas, projetos e experimentos desenvolvidos no ambiente universitário.

É necessário possuir formações anteriores para poder cursar o Doutorado, e é importante enfatizar que o trabalho de conclusão para esta modalidade será uma tese devidamente elaborada pelo estudante.

A especialização do Doutorado é ainda mais específica que a do Mestrado, e diferente da maioria dos níveis de ensino, pode durar cerca de 5 anos completos.